Google street view
Google street view

Tiroteio em boate nos EUA deixa dois mortos e oito feridos

Autoridades que chegaram ao local levaram pessoas feridas a um hospital próximo; por enquanto não há informações sobre possíveis detidos após o tiroteio

Redação*, O Estado de S.Paulo

05 de julho de 2020 | 07h16
Atualizado 05 de julho de 2020 | 23h54

Ao menos duas pessoas morreram e oito ficaram feridas após um tiroteio em uma boate nos Estados Unidos, na madrugada deste domingo, 5. O ataque aconteceu em Greenville, Carolina do Sul, em um local chamado Lavish Lounge. 

O delegado do condado de Greenville notou um tumulto na boate pouco antes das duas da manhã. O tenente Jimmy Bolt informou ter pedido imediatamente reforços devido a um tiroteio dentro do local. De acordo com a polícia, uma grande multidão se reunia na Lavish Lounge, apesar das restrições a aglomerações impostas devido ao novo coronavírus. 

As autoridades que chegaram ao local levaram algumas das pessoas feridas a um hospital próximo. Outros feridos foram transportados em veículos particulares. Por enquanto não há informações sobre possíveis detidos após o tiroteio.

De acordo com o departamento de polícia, a cena do crime ainda está ativa. 

A boate fica a 8 km a sudoeste do centro da cidade de Greenville, na região norte da Carolina do Sul. A página do Facebook da Lavish Lounge havia anunciado uma apresentação do rapper Foogiano para a noite de 4 de julho, último sábado. *COM AGÊNCIAS 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.