Tiroteio em briga de galo deixa sete mortos no México

Uma confusão entre duas famílias numa rinha ilegal de briga de galo deixou sete pessoas mortas, informa a polícia. Membros das duas famílias começaram a discutir, parentes sacaram armas e começaram a atirar a esmo, informa o escritório da promotoria regional.Ao todo, quatro homens morreram na rinha, dois a caminho do hospital. A sétima vítima faleceu horas depois. A polícia prendeu Efrain Aguilar, suposto autor dos disparos, que alegou apenas ter defendido um primo e dois cunhados, que estão entre os mortos. Também foi preso o dono da rinha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.