Tiroteio em catedral russa deixa 2 mortos e 6 feridos

Um segurança armado abriu fogo em uma catedral ortodoxa da ilha russa de Shakhalin neste domingo, matando uma freira e um paroquiano e causando ferimentos em outras seis pessoas, informaram investigadores russos.

Agência Estado

09 de fevereiro de 2014 | 08h36

O agressor foi detido, mas o motivo do ataque ainda está sendo apurado, segundo comunicado do comitê federal de investigação. O homem, de 24 anos, disse trabalhar para uma agência privada de segurança local. O caso ocorreu na cidade de Yuzhno-Sakhalinsk.

Preocupações sobre a segurança na Rússia são particularmente grandes no momento por causa da Olimpíada de Inverno em Sochi, mas o ataque parece não ter relação com os jogos. A ilha de Sakhalin fica a cerca de 7,5 mil quilômetros de Sochi.

Os seis feridos, também paroquianos, foram atingidos nas pernas, mas não correm risco de morte, de acordo com a agência de notícias estatal Novosti, que citou o arcebispo regional. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Rússiatiroteio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.