Tiroteio em Chicago deixa quatro mortos

Um homem matou três pessoas antes de ser morto em um tiroteio com a Polícia no centro de Chicago, no norte dos Estados Unidos, segundo informações oficiais.O diretor de Polícia da cidade, Phil Cline, afirmou que, ao entrar no edifício, o homem pediu para falar com uma de suas futuras vítimas. Ele levava um envelope, no qual aparentemente havia um revólver, uma faca e um martelo. Durante o tiroteio ele manteve um refém."Não era um funcionário do local, mas achamos que ele já tinha tido algum contato com o pessoal do escritório", acrescentou Cline.Uma quinta vítima, uma mulher ferida, teve que ser levada a um hospital em estado grave, e o refém saiu ileso, disseram as fontes policiais.Além disso, Cline admitiu a possibilidade de que o homem, que até agora não foi identificado, tenha cometido suicídio. As causas da morte só poderão ser determinadas depois de uma autópsia.O episódio aconteceu no edifício Citigroup Center, no centro de Chicago (Illinois), que abriga escritórios de advogados e empresas de eletrônica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.