Tiroteio em Denver deixou 12 mortos, diz polícia

O chefe de polícia de Aurora, Dan Oates, confirmou nesta sexta-feira que James Holmes é o único suspeito dos disparos feitos no interior de um cinema da cidade, que terminou com 12 mortos e 59 feridos.

AE, Agência Estado

20 de julho de 2012 | 16h31

Em coletiva de imprensa transmitida pela televisão, Oates disse acreditar que o suspeito agiu sozinho e declarou que a polícia não procura outros suspeitos. Aparentemente, Holmes usou três armas no interior do cinema, um rifle de assalto AR-15, uma espingarda e uma pistola Glock. Outra pistola do mesmo modelo foi encontrada em seu carro, disse o chefe de polícia, acrescentando que ainda não há estimativas sobre quantos disparos foram feitos. A polícia desconhece "o status da legalidade da posse das armas", declarou Oates.

O chefe de polícia afirmou que o suspeito não tinha registros policiais além de autuações de trânsito em 2011. "Não temos qualquer outro histórico criminal de Holmes."

Oates disse que as identidades das vítimas não serão reveladas até que todas sejam identificadas e suas famílias contatadas. Segundo ele, 71 pessoas foram alvejadas, das quais dez morreram no local duas no hospital.

O chefe de polícia disse não ter ideia do que motivou a ação do atirador. O suspeito se rendeu sem maiores incidentes, afirmou ele. A polícia chegou ao local menos de dois minutos após a primeira ligação com pedido de ajuda.

Holmes usava roupas de proteção, disse Oates. "O suspeito estava todo vestido de preto, usando capacete balístico, colete balístico tático, calças de proteção, protetores para pescoço e virilha e máscara de gás, além de luvas táticas", declarou ele. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
EUAatiradorAuroraDenver

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.