Tiroteio em escola nos EUA deixa duas pessoas mortas

Duas pessoas foram mortas em um tiroteio em escola secundária Marysville Pilchuck High School, na cidade americana de Marysville, informaram policiais nesta sexta-feira.

MARCELLA FERNANDES, COM INFORMAÇÕES DA ASSOCIATED PRESS E DA DOW JONES NEWSWIRES, Estadão Conteúdo

24 de outubro de 2014 | 20h51

Além do estudante que acreditam ser o atirador, outra pessoa morreu. Um policial afirmou que o estudante não resistiu a ferimentos provocados por ele mesmo. A polícia não informou detalhes sobre a segunda morte.

Quatro estudantes foram levados para o centro médico Providence Everett, de acordo com a porta-voz do hospital, Heidi Amrine. Três estavam em condições "muito críticas". Não ficou imediatamente claro se a pessoa que morreu estava entre eles.

O Harborview Medical Center, em Seatle, informou que recebeu um jovem de 14 anos em graves condições de saúde.

O tiroteio começou na cafeteria da escola. A porta-voz do Federal Bureau of Investigation (FBI), Ayn Dietrich, disse que a agência já conta com profissionais na escola para ajudar as autoridades nas investigações.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAescolatiroteioatualiza 2

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.