Tiroteio em spa em Wisconsin deixa três mortos

A polícia do estado americano de Wisconsin confirmou que três pessoas morreram e quatro ficaram feridas durante tiroteio em um spa em Brookfield, subúrbio de Milwaulkee. A polícia procura agora por um homem, identificado como Radcliffe Franklin Haughton, de 45 anos, de Brown Deer, no mesmo estado.

AE, Agência Estado

21 de outubro de 2012 | 19h38

Segundo o chefe de polícia de Brookfield, Dan Tushaus, o carro de Haughton foi encontrado, mas ele se encontra foragido. O tiroteio ocorreu por volta das 13h (horário de Brasília), no Azana Day Spa, um prédio de dois andares e 836 metros quadrados que fica em frente a um grande shopping center num bairro de classe média alta.

Este foi o segundo tiroteio em massa em Wisconsin este ano. No dia 5 de agosto, Wade Michael Page, um veterano do exército de 40 anos e que apoia a supremacia branca, matou seis pessoas e feriu outras três antes de se suicidar num templo da seita religiosa hindu Sikh, no sul de Milwaukee.

Em 2005, sete pessoas foram mortas e quatro ficaram feridas quando um homem abriu foto durante culto numa Igreja do Deus Vivo em um hotel que fica a menos de 1,6 quilômetros de onde ocorreu o tiroteio de hoje. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAtiroteiospamortos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.