Tiroteio mata 16 antes da chegada de Obama ao México

Dezesseis pessoas foram mortas em um tiroteio no sudoeste do México hoje, algumas horas antes de o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, chegar à capital mexicana para manter reuniões com as autoridades locais sobre a violência do narcotráfico. A informação partiu de um funcionário do governo do México.

AE, Agencia Estado

16 de abril de 2009 | 17h09

Quinze criminosos e um soldado foram mortos no choque, disse o procurador de Estado Eduardo Murueta, segundo a agência France-Presse. Na véspera de embarcar para a Cidade do México, Obama nomeou ontem um ?czar da fronteira? para coordenar o combate ao tráfico de drogas entre México e Estados Unidos e tentar reduzir o fluxo de imigrantes ilegais. O encarregado da questão é Alan Bersin, ex-funcionário do Departamento de Justiça que teve cargo semelhante durante o governo de Bill Clinton (1993-2001). As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
MéxicoviolênciaObama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.