Tiroteio mata 3 policiais e 2 rebeldes no sul da Tailândia

Três policiais e dois supostos insurgentes islâmicos morreram num tiroteio na conflituosa região muçulmana do sul da Tailândia, informou nesta quarta-feira, 4, a polícia local.No confronto, que aconteceu na noite de terça-feira, 3, na província de Pattani, também ficaram feridos dois civis.Após o tiroteio, que durou aproximadamente meia hora, as forças de segurança realizaram uma ampla busca pela área para localizar os rebeldes.As autoridades militares calculam que o movimento separatista islâmico, formado por uma dezena de grupos, tem aproximadamente 5.000 militantes e conta com o apoio de cerca de 10.000 seguidores, a maioria deles jovens.Os ataques com armas leves e os atentados com bomba são diários nas províncias de Pattani, Yala e Narathiwat, de maioria muçulmana, mesmo com o desdobramento de aproximadamente 30.000 membros das forças de segurança.Cerca de 2.100 pessoas morreram na região por causa da violência desde que o movimento separatista islâmico retomou a luta armada em janeiro de 2004, após uma década de pouca atividade guerrilheira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.