Tiroteio mata seis

policiais e um traficante Seis policiais federais mexicanos e um suposto traficante morreram ontem em Ciudad Juárez, depois que um grupo criminoso armou uma emboscada. Os agentes federais realizavam uma ronda de rotina pelas ruas da cidade, considerada a mais violenta do país. Fontes da polícia local afirmaram que dois policiais federais ficaram gravemente feridos. Segundo testemunhas, um grupo de 30 homens armados atacou os policiais, que estavam em duas viaturas. A violência vinculada ao crime organizado e ao tráfico de drogas deixou mais de 22.700 mortos desde que o presidente mexicano, Felipe Calderón (foto), lançou uma ofensiva contra os cartéis de drogas, em dezembro de 2006. O governo afirma que mais de 90% das vítimas são pessoas ligadas à delinquência e menos de 5% são inocentes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.