Tiroteio no Aeroporto de Los Angeles deixa um morto

Um homem armados com uma metralhadora semiautomática baleou três pessoas no Aeroporto de Los Angeles nesta sexta-feira, segundo informações da polícia. Entre os alvos, um agente federal de segurança perdeu a vida no incidente.

AE, Agência Estado

01 de novembro de 2013 | 17h25

O suposto autor dos disparos, que ainda não foi identificado, já está sob custódia, após trocar tiros com as autoridades. O chefe assistente do departamento de polícia de Los Angeles, Earl Paysinger, afirmou que o suspeito aparentemente foi ferido, ainda que sua condição não esteja clara.

Alguns passageiros foram retirados do complexo, enquanto outros foram mantidos em restaurantes e em outros locais internos. Conhecido como LAX, o aeroporto está sendo vasculhado por medidas de precaução e a operação inclui também uma unidade anti-bombas.

Os tiros foram ouvidos no Terminal 3 do aeroporto, que abriga a Virgin America e outras companhias aéreas. As operações no aeroporto foram suspensas pela Administração Federal de Aviação (FAA, na sigla em inglês) logo após as primeiras informações sobre o tiroteio. Uma fonte disse ao The Wall Street Journal que os terminais 1, 2 e 3 foram esvaziados e aviões que chegaram no local estavam taxiando enquanto os passageiros eram mantidos a bordo. Fonte: Associated Press e Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
EUALOS ANGELESAEROPORTO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.