Tiroteio no Líbano deixa dois mortos e sete feridos

Duas pessoas foram mortas e sete ficaram feridas neste domingo (11) depois de uma troca de tiros entre apoiadores do movimento xiita Hezbollah e do clérigo radical sunita Ahmed al-Assir perto de um campo de refugiados palestinos na cidade de Sidon, no sul do Líbano, informou um oficial de segurança à AFP. A fonte, que pediu anonimato, disse que um dos feridos era representante do Hezbollah para a área. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.