Tocha olímpica desembarca em Pequim em meio a rígida segurança

A tocha olímpica chegou àcapital chinesa na terça-feira depois de ter sido recebida commuita festa na região sudoeste do país, palco de vários abalossísmicos recentemente. O desembarque do símbolo olímpico ocorre em meio a esforçosfeitos pelo governo da China para garantir um final feliz parao problemático périplo internacional da tocha. Os moradores de Pequim foram avisados de que encontrarão umforte esquema de segurança nas ruas para evitar mais percalços-- e publicidade negativa -- na última perna do trajeto, poucoantes da cerimônia de abertura dos Jogos, na sexta-feira. "Esse é o orgulho do povo chinês", afirmou o operário XuMin, em meio a uma alegre multidão reunida para acompanhar apassagem da tocha por Chengdu, capital da Província de Sichuan,onde 70 mil pessoas foram mortas em maio por um terremoto. No entanto, no extremo noroeste do país, persistiam asdúvidas sobre a atividade de dissidentes e sobre o desrespeitoaos direitos humanos. Na segunda-feira, supostos separatistasislâmicos mataram 16 policiais em uma ação descrita pelogoverno como um "ataque terrorista". Policiais antimotim lotaram as ruas da antiga cidade deKashgar (palco do ataque) e pararam vários carros pararevistá-los. No exílio, grupos dissidentes disseram que muitosmuçulmanos da região haviam sido detidos e que alguns sofreramespancamentos. O Japão protestou depois de a polícia teragredido dois jornalistas japoneses presentes na área. MÁSCARAS NEGRAS O governo e os coordenadores da Olimpíada tentam diminuir aimportância do ataque, garantindo que os 10.500 atletas de 205países não correrão riscos dentro da China. O Comitê Olímpico Internacional (COI), que prometeu "ummomento inesquecível da história das Olimpíadas", também tentouacalmar os visitantes e os atletas a respeito do nevoeiro quecostuma encobrir a capital. Segundo o órgão, essa concentraçãode poluentes não seria prejudicial à saúde. Nem todos, porém, mostravam-se convencidos disso. Membros da equipe de ciclismo dos EUA desceram no novo esofisticado aeroporto de Pequim usando máscaras negras sobre aboca e o nariz. Um membro da equipe médica do COI disse se tratar de umamedida desnecessária, e o Comitê Olímpico dos EUA conclamou oschineses a não ver essa atitude como algo ofensivo. "Não pretendíamos, de forma nenhuma, ser desrespeitosos",afirmou Darryl Seibel, porta-voz da entidade norte-americana. A última perna do gigantesco périplo da tocha olímpica, de130 dias no total, começa na quarta-feira, na Cidade Proibida,em Pequim. Na capital chinesa, o símbolo deve passar por váriosmarcos turísticos, entre os quais a praça da Paz Celestial(Tiananmen). MANIFESTOS PELO MUNDO Segundo uma tradição nascida antes dos Jogos Olímpicos deBerlim (1936), a chama é acesa por meio dos raios solares naantiga Olímpia, Grécia, e depois levada ao redor do mundo pormilhares de pessoas. Neste ano, porém, a passagem da tocha atraiu muitosmanifestantes, que protestaram entre outras coisas contra odomínio chinês sobre o Tibet. Essa atitude deixou ofendidosvários cidadãos comuns do país. Ansiosa para mostrar sua face moderna, mas sob pressãodevido a violações dos direitos humanos, a China ficou abaladacom o ataque de segunda-feira, ocorrido 5.000 quilômetros aoeste de Pequim. "Esse foi um incidente isolado", disse Du Jiang, autoridadedo setor de turismo do país. "Nós continuamos a ser,basicamente, um destino seguro para os viajantes." Dois homens foram detidos no local do ataque, disse apolícia. Os dois seriam um taxista e um vendedor de verduras,ambos muçulmanos da etnia uigur "que aderiram à jihad". Os Jogos Olímpicos, que ocorrem entre os dias 8 e 24 deagosto, custarão ao governo chinês cerca de 40 bilhões dedólares, tornando-se assim os mais caros da história. Porém, ao contrário de cidades que organizaram o eventoantes e que enfrentaram dívidas, como Montreal em 1976 e Atenasem 2004, aquela cifra representa um montante relativamentepequeno para a economia da China, atualmente em francaexpansão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.