ESA via AP
ESA via AP

Todos os navios em espera após encalhe do Ever Given cruzam o Canal de Suez 

Ritmo de navegação normal é retomado nesse que é um dos trechos mais importantes do mundo e por onde passa mais de 10% do comércio mundial

Redação, O Estado de S.Paulo

03 de abril de 2021 | 12h40

CAIRO - Todos os "navios em espera" desde que o enorme navio cargueiro Ever Given encalhou no Canal de Suez no dia 23 de março já deixaram esta via navegável estratégica, anunciou neste sábado, 3, a Autoridade do Canal de Suez (SCA, na sigla em inglês), no Egito. O órgão explicou que o canal já retomou seu ritmo normal de navegação.  

O Ever Given, com mais de 400 metros de comprimento, foi desencalhado em 29 de março após uma longa e complexa operação. O navio de bandeira panamenha, operado pelo armador taiwanês Evergreen Marine Corporation, foi então rebocado para o Grande Lago Amargo, no meio do Canal de Suez. Naquela mesma noite, o tráfego foi retomado entre o Mar Vermelho e o Mediterrâneo.

O incidente, incomum no comércio marítimo, paralisou o tráfego por uma semana. Um total de 422 navios, carregados com 26 milhões de toneladas de mercadorias, permaneceram bloqueados, segundo o comunicado da SCA, assinado por seu presidente, o almirante Osama Rabie. 

 Os 61 últimos que aguardavam a vez para cruzar o canal o fizeram nas últimas horas, além de "outros 24 novos navios", explica a nota. 

Para Entender

Como foram as 144 horas até o navio Ever Given desencalhar no Canal de Suez

O comércio global se atrasava a cada hora em cada extremidade do Canal de Suez bloqueado; a pressão econômica e política para libertar o navio só crescia; o mundo, distraindo-se de um ano de pandemia, não tirava o olho das telas

Até o momento, as investigações continuam para apurar as causas do encalhe do Ever Given, que ocasionou a suspensão da navegação marítima de um dos trechos mais importantes do mundo e por onde passa mais de 10% do comércio mundial.

Cerca de 19 mil navios cruzaram o canal em 2020, segundo a SCA, o que representa uma média de 51 navios por dia./AFP e EFE 

Tudo o que sabemos sobre:
Canal de SuezEgito [África]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.