Tokyo-Mitsubishi congela transações com o Irã

O banco Tokyo-Mitsubishi informou, nesta quinta-feira, que congelou as transações com o governo iraniano após determinação feita pela Corte do Distrito de Nova York. No início deste mês, o tribunal americano pediu ao banco para congelar US$ 2,6 bilhões das contas e divulgar detalhes sobre as mesmas, disse a instituição financeira. O pedido do tribunal distrital decorre de uma decisão de 2007, que ordena o Irã a pagar indenizações a sobreviventes e membros das famílias das vítimas de um atentado ocorrido em 1983 - quando fuzileiros navais dos EUA foram atacados no Líbano. As informações são da Dow Jones.

AE, Agência Estado

17 Maio 2012 | 00h20

Mais conteúdo sobre:
banco congela transações Irã

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.