Toledo reinstalará bases de combate à subversão

O presidente do Peru, Alejandro Toledo, confirmou que seu governo restabelecerá bases militares e policiais de luta contra a subversão em três locais do território peruano, para enfrentar a retomada do movimento insurgente apoiado por narcotraficantes. As bases serão restabelecidas em duas regiões da selva - Alto Huallaga, a nordeste de Lima, e às margens do rio Ene, a leste - e uma na região andina de Vizcatán, no sudeste. "Pedi às Forças Armadas e à polícia que promovam conjuntamente maior presença nesses lugares, para enfrentar os focos remanescentes de suversivos e traficantes de drogas", disse o mandatário aos jornalistas. Toledo afirmou ter se reunido recentemente com o ministro da Defesa, David Waisman, e com os comandantes das Forças Armadas e da polícia para discutir o tema. O governante fez as declarações após reunir-se com autoridades municipais e agricultores do departamento (estado) de Ayacuch - o principal teatro de operações, nos anos 80, do grupo rebelde maoísta Sendero Luminoso. Segundo Toledo, com uma presença militar e policial maior "se apagará o incêndio em um curto prazo". Paralelamente, assegurou o mandatário, o governo aumentará seus investimentos nos setores de agricultura, educação, saúde e geração de empregos, numa "guerra frontal contra a pobreza".As informações são da Associated Press.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.