Tommy Ramone morre aos 65 anos em Nova York

O último integrante da formação original da banda de punk rock Ramones morreu na sexta-feira, aos 65 anos, em Nova York. , cujo nome de registro era Erdelyi Tamas, nasceu em Budapeste, na Hungria.

Agência Estado

12 de julho de 2014 | 15h17

Johnny, Joey, Dee Dee e Tommy adotaram o sobrenome a partir do pseudônimo usado por Paul McCartney para se hospedar em hotéis. A banda foi formada no bairro do Queens, em Nova York, em 1974.

O primeiro integrante a banda a morrer foi o vocalista Joey, em 2001 aos 49 anos, vítima de câncer. O baixista Dee Dee morreu no ano seguinte, aos 50 anos, de overdose, três meses depois de a banca entrar para o Hall da Fama do Rock and Roll. O guitarrista Johnny morreu em 2004, aos 55 anos, também em decorrência de câncer.

Tommy foi o primeiro empresário da banda e ajudou a produzir alguns dos primeiros discos do grupo. Ele foi guitarrista num banda com Johnny antes dos Ramones, mas ficou na bateria quando não conseguiu encontrar ninguém para a tarefa.

Ele deixou o grupo cedo, desistindo dos palcos em 1978, embora tenha produzido o disco "Too Tough to Die", lançado pelos Ramones em 1980. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUATommy Ramonemorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.