Tonga envia soldados ao Iraque

Tonga, uma pequena nação insular situada no sul do Oceano Pacífico, enviou 44 soldados ao Iraque para participarem de uma missão de manutenção de paz no país árabe. O príncipe Ulukalala Lavaka Ata, primeiro-ministro e secretário da Defesa de Tonga, disse que o país atende a um pedido feito pelo governo dos Estados Unidos.Segundo ele, Tonga não se esquece que os EUA defenderam as nações insulares do Pacífico da invasão japonesa durante a Segunda Guerra Mundial. De acordo com Lavaka Ata, os soldados de Tonga no Iraque atuarão ao lado da mesma divisão de fuzileiros navais americanos com a qual o contingente tonganês serviu nas Ilhas Salomão, no Pacífico Central, durante a Segunda Guerra.O primeiro-ministro disse ainda que a contribuição de Tonga para os esforços para levar paz e estabilidade ao Iraque é proporcional ao que a nação, de 105.000 habitantes espalhados por 169 ilhas, pode suportar. O contingente enviado por Tonga equivale aproximadamente a um soldado para cada 2.300 habitantes, pouco superior à proporção de soldado por habitante enviada pelos EUA ao Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.