Tony Blair aconselhou editora sob investigação

Dias antes de ser presa acusada de comandar um esquema de grampos telefônicos, a editora do tabloide britânico News of the World, Rebekah Brooks, recebeu conselhos do ex-primeiro-ministro Tony Blair sobre como tratar o caso.

AE, Agência Estado

19 de fevereiro de 2014 | 18h08

A informação foi revelada hoje, durante o julgamento da jornalista, em Londres. Depois de conversar com Blair, Rebekah repassou as opiniões ao dono do diário, o magnata das comunicações Rupert Murdoch. O jornal é acusado de grampear telefones de autoridades e celebridades.

Em um e-mail enviado ao filho de Murdoch, James, Rebekah Brooks afirma: os conselhos de Blair "estão disponíveis para você, para KRM [Murdoch] e para mim, mas é informal e precisa ficar entre nós".

A mensagem de e-mail, escrita em 11 de julho de 2011, foi lida em voz alta pelo promotor Andrew Edis durante o julgamento. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Reino UnidoBlairMurdoch

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.