Ariel Schalit/AP
Ariel Schalit/AP

Tony Blair é padrinho de uma das filhas de Rupert Murdoch

Ex-premiê britânico esteve em março passado no batismo de duas filhas do magnata da mídia

Efe

05 Setembro 2011 | 13h11

LONDRES - O ex-primeiro-ministro do Reino Unido Tony Blair é o padrinho de uma das filhas pequenas do magnata da comunicação Rupert Murdoch, presidente do grupo News Corporation.

 

Assim informa nesta segunda-feira o jornal britânico "The Daily Telegraph", que assinala que o político trabalhista esteve em março passado no batismo das duas filhas de Murdoch com sua terceira esposa, Wendi, às margens do Rio Jordão.

 

Foi Wendi Murdoch que revelou em recente entrevista na revista de moda "Vogue" a relação entre Blair e sua família.

 

O jornal britânico aponta que talvez tenha sido essa a razão que poderia explicar porque Blair não condenou o escândalo das escutas ilegais no qual se viu envolvido em julho passado o já fechado dominical "News of the World", da News International, ramo britânico da News Corporation.

 

"The Daily Telegraph" lembra que em julho se publicou que Blair pediu ao também ex-chefe do Executivo trabalhista Gordon Brown que pressionasse o parlamentar trabalhista Tom Watson para que deixasse a investigação sobre as escutas ilegais.

 

Dias depois, o porta-voz de Tony Blair negou categoricamente essas acusações.

 

Quando foram publicadas fotos do batismo das filhas de Rupert e Wendi Murdoch em nenhum momento se mencionou o papel de Blair como padrinho nem se publicaram imagens do político na cerimônia.

 

"The Daily Telegraph" informa que, embora o porta-voz de Blair não tenha feito comentários a respeito, uma fonte da News Corporation confirmou que o ex-primeiro-ministro era padrinho de Grace Murdoch.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.