Tony Blair se converte à Igreja Católica

O ex-primeiro-ministro britânico Tony Blair se converteu ao catolicismo, informou ontem a rede BBC. O ex-líder trabalhista abandonou o anglicanismo e, na sexta-feira à noite, passou a professar a fé de sua mulher, Cherie, afirmou seu porta-voz à rede britânica. O cardeal Cormac Murphy-O?Connor saudou a decisão de Blair, que atualmente é enviado de paz do Quarteto de Madri (EUA, Rússia, ONU e União Européia) para o Oriente Médio. "Há muito tempo ele vem regularmente à missa com sua família e, nos últimos meses, seguiu um programa de formação para prepará-lo para a integração total", disse o cardeal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.