Toque de recolher restaura calma em Cincinnati

Dezenas de pessoas foram presas durante a noite por violação a um toque de recolher imposto pelo prefeito de Cincinnati, mas a paz voltou às ruas da cidade após três dias de protestos gerados pelo assassinato de um jovem negro desarmado por um policial. As autoridades locais decidiram nesta sexta-feira que o toque de recolher seria estendido por pelo menos mais uma noite.Houve relatos esporádicos de pessoas disparando armas de fogo, atirando pedras e quebrando garrafas. Um incêndio numa doceria causou danos estimados em US$ 100.000, informou o chefe de polícia Thomas Streicher."Mas acreditamos que a normalidade está voltando", afirmou. De acordo com ele, a decisão sobre a duração do toque de recolher será avaliada diariamente.A polícia informou ter prendido 153 pessoas por violação ao toque de recolher, que durou das 20h de ontem às 6h de hoje, mudando drasticamente a rotina desta cidade de 331 mil habitantes. Também foram presos 54 adultos e nove adolescentes devido a outras contravenções, disse Streicher.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.