Tormenta Arlene avança para costa mexicana do Golfo

A tempestade tropical Arlene, a primeira da temporada de furacões do Atlântico, ganhou força hoje e avança para a costa mexicana pelo Golfo do México. As autoridades pediram que precauções fossem tomadas diante de possíveis inundações e deslizamentos.

AE, Agência Estado

29 de junho de 2011 | 13h39

Arlene poderia chegar à costa amanhã de manhã, ao norte da cidade costeira de Tuxpan, no Estado de Veracruz, afirmou o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos. O governo mexicano afirmou que 13 dos 32 Estados do país poderiam ser afetados pela tormenta - Tamaulipas, Veracruz, Tabasco, Campeche, Yucatán, Quintana Roo, Nuevo León, San Luis Potosí, Hidalgo, Puebla, Tlaxcala, Oaxaca e Chiapas - e a expectativa é de chuvas na maior parte do país.

"Recomenda-se à população em geral dos Estados antes mencionados reforçar precauções por possíveis deslizamentos, inundações, aumento no nível dos rios e arroios", informou em comunicado a Comissão Nacional da Água (Conagua). A estatal Petróleos Mexicanos (Pemex) disse que ainda analisa se será necessário esvaziar plataformas petrolíferas fora da costa de Veracruz.

O centro norte-americano de furacões informou em relatório que a tormenta estava 180 quilômetros a leste de Tuxpan com ventos sustentados de 85 quilômetros por hora. Ela se movia para o leste a 13 quilômetros por hora. As autoridades mexicanas emitiram alertas de tormenta para a costa nordeste, da Barra de Nautla até a Baía Algodones. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
tormentaArleneMéxicoGolfo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.