Tormenta Fay avança pela Flórida e deixa dois mortos

A tormenta tropical Fay avançou hoje lentamente pelo Estado da Flórida, nos Estados Unidos, causando fortes chuvas, tanto na costa como no interior. O instável fenômeno trouxe 610 milímetros de chuva à zona costeira central do Estado. É a quarta tormenta a chegar à Flórida com tanta força em três ocasiões diferentes, a primeira em quase 50 anos. Duas pessoas morreram afogadas ontem, na região de Flagler Beach. Foram as primeiras mortes nos Estados Unidos atribuídas diretamente à tormenta.Pela manhã, o centro de Fay estava perto de Gainesville, 100 quilômetros a nordeste de Cedar Key e se movendo para o oeste, a 10 quilômetros por hora, de acordo com o Centro Nacional de Furacões. Seus ventos máximos sustentados caíram para 72 quilômetros por hora e deviam decrescer mais no sábado, para 63 quilômetros por hora.O presidente George W. Bush emitiu uma declaração federal de desastre em zonas afetadas da Flórida. Centenas de moradores tiveram que deixar suas casas e em algumas regiões apareceram cobras e jacarés desalojados de seus hábitats pelas águas.A tormenta chegou à Flórida no início da semana, logo depois voltou ao mar aberto. Em seguida, tocou a costa pela segunda vez, perto de Naples. Depois avançou lentamente pelo Estado, voltou ao Atlântico e regressou à terra. As piores inundações ocorreram na costa atlântica da Flórida, entre Port St. Lucie e Cabo Canaveral. Em alguns bairros a água chegou a 1,5 metro de altura.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.