Tornado no Missouri é 'tragédia nacional', diz Obama

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, classificou de "desastre nacional" o tornado que atingiu o Missouri na semana passada, enquanto se prepara para participar de uma cerimônia fúnebre em homenagem às vítimas, ainda hoje. "Essa tragédia não é só de vocês. Essa é uma tragédia nacional e haverá uma resposta nacional", disse Obama.

MARCÍLIO SOUZA, Agência Estado

29 de maio de 2011 | 16h38

O tornado matou 142 pessoas em Joplin, cidade que tem 50 mil habitantes, e foi um dos piores que atingiu os EUA. O governador do Missouri, Jay Nixon, disse hoje que 44 pessoas ainda estão desaparecidas. "Ficaremos por aqui muito tempo depois que as câmeras forem embora", disse Obama. "Não vamos parar até que Joplin esteja de pé novamente".

A comitiva presidencial visitou algumas das áreas mais atingidas pela intempérie e, juntamente com Nixon, parou para conversar com moradores, muitos dos quais tiveram suas casas destruídas pelos ventos de 300 quilômetros por hora. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAtornadosmortesObama

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.