Tornados causaram 11 mortes no Tennessee e já afetam a Geórgia

Os tornados que deixaram 11 mortos na sexta-feira no estado do Tennessee, sudeste dos EUA, castigaram neste sábado a região norte e oeste da Geórgia, informou a rede de televisão CNN. As autoridades informaram que as tempestades que atingiram a cidade de Atlanta na madrugada de sábado destruíram casas nos condados de Cobb, Fulton, Gwinnett e Hall. Não há informações sobre vítimas. A CNN informou ainda que um tornado atingiu o condado de Talladega, no estado do Alabama, mas não houve mortos nem feridos. Os estados da Carolina do Norte e Carolina do Sul também devem sofrer com o fenômeno meteorológico. O Serviço Nacional de Meteorologia indicou que as áreas afetadas receberão tempestades e alertou para a possibilidade de chuvas de granizo. Na sexta-feira, o mau tempo castigou pelo menos nove estados no centro e sudeste dos EUA na segunda onda de mau tempo na região em menos de uma semana, de acordo com a Agência de Gestão de Emergências do Tennessee. Todas as mortes ocorreram no condado de Sumner, a noroeste da capital do estado, Nashville, e na cidade de Gallatin. A tempestade arrancou telhados, deixou milhares de casas sem eletricidade, virou carros e deixou dezenas de feridos. Os Estados Unidos sofreram, entre domingo passado e segunda-feira, uma onda de tornados e tempestades elétricas que deixou pelo menos 28 mortos e causou danos em mais de mil prédios. No total, 286 tornados atingiram os EUA até o fim de março, frente a uma média de 70 no primeiro trimestre dos últimos três anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.