Tornados matam 18 pessoas nos EUA

Mortes ocorreram nos Estados de Iowa, Arkansas e Oklahoma e ventos alcançaram 160 km/h

O Estado de S. Paulo,

28 de abril de 2014 | 10h55

Morador examina estragos provocados por tornado em automóvel. Foto: Danny Johnston / AP

 

WASHINGTON  - Pelo menos 18 pessoas morreram após a passagem de uma série de tornados pelo centro-sul dos Estados Unidos nesta segunda-feira, 28. As mortes ocorreram nos Estados de Iowa, Arkansas e Oklahoma.

De acordo com o Departamento de Gestão de Emergências do Arkansas, pelo menos dez pessoas morreram no Condado Faulkner, onde os ventos de até 160 km/h devastaram as localidades de Mayflower e Vilonia, situadas ao norte de Little Rock.

A fonte ressaltou que mais cinco vítimas foram registradas no Condado Pulaski e outra no Condado White, enquanto mais de 100 pessoas receberam atendimento médico em diferentes hospitais do estado.

Além disso, uma frente de tempestades cruzou o leste de Iowa, onde a polícia local confirmou a morte de uma mulher na cidade de Kinross, no Condado Keokuk. De acordo com a fonte, outra pessoa morreu na cidade de Ouapaw, em Oklahoma.

"Estamos vivendo um caos aqui", disse à televisão local o prefeito de Vilonia, James Firestone, que assegurou que "o centro da cidade aparentemente ficou totalmente destruído".

"Há alguns edifícios que seguem de pé, mas a magnitude do prejuízo é tremenda", indicou Firestone. "Há encanamentos de gás que ficaram abertos, os cabos da rede de eletricidade caíram e há casas que aparecem como uma pilha de escombros", completou.

Um meteorologista da emissora "CNN" de televisão que se encontrava em Mayflower, a cerca de 30 quilômetros ao sudoeste de Vilonia, calculou que os ventos do tornado alcançaram entre 210 km/h e 240 km/h.

Além das vítimas citadas, pelo menos seis pessoas ficaram feridas na cidade de Ouapaw, próxima à fronteira com Kansas e Missouri, informou o escritório do xerife do condado de Ottawa.

O diretor do serviço de Emergências desse mesmo condado, Joe Dan Morgan, explicou que a cidade, de cerca 900 habitantes, ficou seriamente danificada em consequência dos tornados.

Horas antes, o governador da Carolina do Norte, Pat McCrory, comunicou a morte de um bebê de 11 meses, que morreu ontem após ter ficado ferido durante a passagem de tornados por algumas localidades deste Estado na última sexta. / EFE

Tudo o que sabemos sobre:
tornadosEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.