Tornados matam seis nos EUA

Tempestade destruiu casas e deixou rastro de destruição em várias cidades de Illinois

O Estado de S. Paulo,

18 de novembro de 2013 | 09h33

 Tempestade deixou rastro de destruição. Foto: AP

 

 

 

 

CHICAGO, EUA - Dezenas de tornados e fortes tempestades atingiram o Meio-Oeste dos Estados Unidos no domingo. Ao menos seis pessoas morreram e houve danos materiais em várias cidades do Estado de Illinois. O centro de Chicago chegou a ficar sem luz. Os tornados derrubaram um grande número de casas. Cerca de 80 alertas de tornados foram registrados, assim como 358 relatos de ventos fortes e 40 relatos de chuva de granizo, de acordo com Rich Thompson, meteorologista-chefe do Centro de Previsão de Tempestades de Norman, Oklahoma.

O tráfego chegou a ser brevemente interrompido nos dois maiores aeroportos de Chicago, e dezenas de milhares de pessoas em diversos Estados dos EUA ficaram sem luz.

Até a manhã desta segunda-feira, havia confirmação de três pessoas mortas no condado de Massac, duas no condado de Washington e um na cidade de Washington, no condado de Tazewell, informou a funcionária do serviço de emergência de Illinois Patti Thompson.

O serviço nacional de meteorologia confirmou danos causados por tornados no sul do Illinois, com ventos entre 266 e 322 quilômetros por hora. Os fortes ventos continuam a ameaçar os Estados da Pensilvânia e Nova York.

Um idoso e sua irmã foram mortos quando um tornado atingiu a casa onde moravam, informou o legista Mark Styninger. Patti Thompson, da Agência de Gerência de Emergências de Illinois, confirmou outras três mortes, mas não forneceu detalhes. A agência também confirmou uma outra morte. / REUTERS

Mais conteúdo sobre:
EUAtornadosmortesMeio-Oeste

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.