_pixel_trappa
_pixel_trappa

Torre Eiffel receberá cores do arco-íris em homenagem às vítimas do massacre nos EUA

Principal ponto turístico da França ganhará as cores que compõem o símbolo do movimento LGBT para homenagear as 49 pessoas que foram assassinadas por um atirador

O Estado de S. Paulo

13 Junho 2016 | 15h51

PARIS - A Torre Eiffel se acenderá com as cores do arco-íris, o símbolo do movimento LGBT, na noite desta segunda-feira, 13, em homenagem às vítimas do massacre em uma boate gay em Orlando, na Flórida, informou a prefeita de Paris.

Pelo menos 50 pessoas morreram e 53 ficaram feridas na boate Pulse no domingo antes de o atirador, que jurou lealdade ao Estado Islâmico, ser morto a tiros pela polícia.

"Paris está com Orlando", escreveu a prefeita de Paris, Anne Hidalgo, em sua conta no Twitter. "Hoje à noite @LaTourEiffel irá vestir a bandeira do arco-íris em homenagem às vítimas."

"Estamos ao lado de nossos amigos americanos #Orlando #AmorÉAmor", disse o governo francês em sua conta no Twitter, exibindo um novo perfil com as bandeiras francesa e americana.

Em março, a Torre Eiffel exibiu as cores da Bélgica após os ataques duplos de islâmicos no aeroporto e no metrô de Bruxelas, que mataram pelo menos 26 pessoas.

Monumentos de todo o mundo adotaram as cores francesas em novembro, quando 130 pessoas morreram em ataques do Estado Islâmico contra uma casa de shows, cafés e um estádio de Paris. /Reuters

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.