Tortura nunca teve sanção oficial, diz Pentágono

Negando reportagem da revista New Yorker, segundo a qual o secretário de Defesa Donald Rumsfeld autorizou um programa secreto que encoraja o uso de coação física e humilhação sexual de prisioneiros, o Departamento de Defesa dos EUA classificou o texto como ?bizarro, conspiracionista e cheio de erros e de conjecturas anônimas?. Segundo um porta-voz, ?nenhuma autoridade responsável do Departamento de Defesa aprovou qualquer programa que pudesse, concebivelmente, ter o propósito de gerar abusos tais como os vistos nos vídeos e fotos recentes? de tortura no Iraque. ?Essa reportagem parece refletir as idéias febris de quem tem pouca, se é que tem alguma, ligação com atividades do Departamento?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.