Total de mortos em Daraya chega a 120 em uma semana

Corpos de mais de 30 civis, entre eles mulheres e crianças, foram encontrados neste domingo nas ruas da cidade síria de Daraya, a sudoeste de Damasco, onde as forças do presidente Bashar Assad têm lançado fortes ataques contra redutos rebeldes. Com isso, o número de mortos em Daraya já chega a mais de 120 somente em uma semana.

AE, Agência Estado

26 de agosto de 2012 | 10h22

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos, baseado no Reino Unido, informou que 32 corpos foram encontrados nas ruas. As vítimas foram mortas por "armas de fogo e em execuções sumárias" e, entre elas, havia três mulheres e duas crianças, disse a organização.

Além disso, as forças do regime usaram helicópteros de combate e tanque para atacar as áreas mantidas pelos rebeldes em Alepo e Daraa, ao longo da fronteira com a Jordânia. O Observatório disse que havia relatos de mais mortes, mas ainda não tinha os números exatos.

Ativistas disseram que mais de 20 mil pessoas morreram em 17 meses de confrontos na Síria, após um levante que começou pacífico contra o regime de Assad transformar-se em uma guerra civil. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
SíriaBashar AssadDaraa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.