Total de mortos por vulcão na Indonésia sobe para 250

Equipes de resgate que estavam escavando um metro de cinzas na encosta do vulcão Merapi, na Indonésia, encontraram mais nove corpos, elevando o total de pessoas mortas pela série de erupções para pelo menos 250.

AE, Agência Estado

14 de novembro de 2010 | 13h42

O Merapi ainda está em atividade e voltou a expelir cinzas e nuvens de gás quente nos últimos dias. A última grande erupção do vulcão aconteceu em 5 de novembro e algumas vilas próximas à montanha, onde provavelmente houve vítimas das explosões, estavam muito quentes para que fossem enviadas equipes de busca.

Recentemente, porém, as condições melhoraram e, com a intensificação das buscas, o número de vítimas cresceu, disse Waluyo Rahardjo, um dos envolvidos nas atividades de resgate. Quatro corpos foram encontrados ontem e outros cinco foram achados hoje, segundo Heru Trisna Nugraha, porta-voz do hospital Sardjito, localizado próximo ao Merapi. Além disso, uma pessoa atingida pelas erupções morreu, acrescentou.

O Merapi é o vulcão mais ativo da Indonésia, um vasto arquipélago com uma população de 235 milhões de pessoas. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Indonésiavulcãomortos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.