Toyota planeja desbancar Nissan na China

A Toyota está aumentando seus esforços para superar a Nissan no posto de principal montadora japonesa na China, enquanto ambas tentam reconquistar a participação perdida no mercado chinês devido às tensões políticas entre Tóquio e Pequim.

AE, Agência Estado

20 de abril de 2014 | 16h37

No evento China Auto Show, o vice-presidente da Toyota, Yasumori Ihara, apresentou um plano ambicioso que visa lançar 15 novos modelos de automóveis na China até 2017 e disse planejar vender dois milhões de carros no país no longo prazo. A companhia não especificou um prazo para essas vendas, mas o objetivo é quase dobrar a meta de vender 1,1 milhão de veículos este ano.

A Toyota é atualmente a sexta maior montadora na China em vendas de veículos. Entre as montadoras japonesas, ela está em segundo lugar, atrás da Nissan. Já entre montadoras estrangeiras em geral, Volkswagen e General Motors lideram as vendas.

O diretor de planejamento da Nissan, Andy Palmer, afirmou que a Toyota terá que brigar se quiser assumir a liderança.

Como um grupo, as montadoras japonesas viram sua participação no mercado chinês de automóveis cair nos quase dois anos de tensões entre Japão e China, em meio à disputa territorial de ilhas no Mar do Leste da China.

Para reconquistar os clientes chineses, as montadoras japonesas introduziram uma série de medidas, incluindo o lançamento de modelos de baixo custo, além da melhora dos programas de assistência ao consumidor. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
ChinaToyotaNissan

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.