TPI indicia esposa de ex-presidente da Costa do Marfim

Simone Gbagbo, esposa do ex-presidente da Costa do Marfim, Laurent Gbagbo, foi indiciada nesta quinta-feira pelo Tribunal Penal Internacional (TPI), acusada de crimes que vão de assassinato e perseguição a estupro. Com isso, Simone Gbagbo torna-se a primeira mulher a ser indiciada pelo tribunal permanente de crimes de guerra da Organização das Nações Unidas (ONU).

AE, Agência Estado

22 de novembro de 2012 | 13h09

Laurent, o marido de Simone, já está preso nas instalações do TPI em Haia. Ele foi indiciado por acusações de crimes similares decorrentes de sua luta para se manter no poder depois de ter perdido as eleições presidenciais em 2010. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ONUCosta do Marfimcrimes de guerra

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.