Trabalhador demitido abre fogo e mata dois em Chicago

Um homem armado prestes a ser demitido abriu fogo dentro de um depósito de acessórios para veículos em Chicago, matando duas pessoas e ferindo outras quatro, informaram autoridades. O autor dos disparos morreu mais tarde, disseram fontes hospitalares. As autoridades receberam um telefonema por volta das 8h45 locais informando que uma pessoa havia sido baleada dentro do galpão da Windy City Core Supply Inc., disse Pat Camden, porta-voz da polícia. O telefonema provavelmente foi feito por algum funcionário da empresa.Camden disse que a polícia entrou no local atirando. Todos os prédios do quarteirão onde se situa o depósito foram esvaziados pelas forças de segurança. "Um funcionário descontente que havia sido demitido ou estava prestes a ser mandado embora do emprego voltou à empresa, onde ocorreu o tiroteio", disse Camden.De acordo com ele, os policiais trocaram tiros com o homem armado dentro e fora do edifício. A polícia tentou negociar, mas o homem recusou-se, prosseguiu. O homem armado e outro homem aparentemente envolvido nos disparos morreram no Hospital John H. Stroger, disse Tony Ewell, porta-voz do hospital.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.