Trabalhador é demitido por postar vídeo no YouTube

Um funcionário temporário de uma companhia de Cingapura foi demitido e outro está sendo investigado por postar no popular site YouTube vídeos deles mesmos brincando no escritório , afirma a imprensa local.Os dois foram inicialmente advertidos, mas na terça-feira a StarHub demitiu Terence Tan, 25, afirma o jornal the Straits Times. A companhia está avaliando a possibilidade de uma ação disciplinar contra outro funcionário, que não foi identificado.Chan Hoi San, chefe de recurso humanos do StarHub, disse à NewsAsia Channel que Tan foi demitido por "má conduta em nosso escritório". Outros funcionários foram avisados para remover quaisquer vídeos gravados no escritório do site.Os dois clipes, de 2 e 4 minutos de duração, mostram os dois jovens vestindo camisetas da empresa e brincando no escritório durante horas com uma pequena bola antiestresse enquanto outros observam. Eles postaram o material em outubro, mas o retiraram do ar duas semanas antes da requisição da empresa, afirma o Straits Times.Tan, que trabalhou como promoter na companhia desde julho, afirmou que lhe disseram ter manchado a imagem da empresa e sua reputação. "Eu pensei que o problema estivesse resolvido após a bronca. Só coloquei os clipes no ar porque pensamos que eles fossem bastante engraçados. Jamais quis passar ao público a imagem de que a StarHub fosse um lugar preguiçoso, nada desse tipo".Os vídeos foram acessados apenas 460 vezes antes de serem removidos do site.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.