Trabalhadores americanos dividem prêmio de US$ 365 mi

Oito trabalhadores de uma indústria de processamento de carne no Estado americano de Nebraska reivindicaram nesta quarta-feira o prêmio recorde de US$ 365 milhões em um sorteio da loteria. O sorteio aconteceu no sábado e foi a maior premiação na história dos Estados Unidos. Cada um receberá cerca de US$ 15 milhões, depois da dedução de impostos. Os sete homens e uma mulher foram apresentados pelo governador do Estado, Dave Heineman. Todos trabalham em uma empresa de processamento de presunto, próxima a uma loja de conveniência na qual os trabalhadores compraram o bilhete premiado. "Eu não sabia o que pensar e ainda não sei", afirmou Robert Stewart, de 30 anos, que trabalhava como supervisor de manutenção.Além de Stewart, os outros ganhadores foram identificados como, Quang Dao, de 56 anos; David Gehle, de 53 anos; Alain Maboussou, de 26 anos; Chasity Rutjens, de 29 anos; Michael Terpstra, de 47 anos; Dung Tran, de 34 anos e Eric Zornes, de 40 anos. O recorde anterior da loteria americana foi de US$ 363 milhões no sorteio Big Game. No sorteio da loteria Powerball, a mesma dos trabalhadores, o recorde anterior era de US$ 340 milhões. O prêmio foi conquistado por uma família do Estado do Oregon em outubro de 2005.Os números sorteados foram 15, 17, 43, 44 e 48, e 29. De acordo com a Associação de Loterias de Des Moines, no Estado do Iowa, que administra o jogo nos Estados participantes, os bilhetes da loteria Powerball são vendidos em 28 Estados, no Distrito de Columbia e nas Ilhas Virgens americanas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.