Trabalhadores bloqueiam ferrovia para o Cairo

Milhares de trabalhadores bloquearam neste domingo os trilhos de uma ferrovia de Assiut - uma cidade do sul do Egito, que leva ao Cairo -, pelo segundo dia consecutivo, para protestar contra o aumento dos preços industriais do petróleo, disseram autoridades de segurança. O bloqueio provocou o cancelamento de alguns serviços.

AE, Agência Estado

24 de fevereiro de 2013 | 15h29

O governo retirou na semana passada os subsídios para o petróleo usado como combustível industrial, como parte de um programa de reforma, provocando protestos de trabalhadores.

O Egito foi dominado por distúrbios nos últimos dias, em parte por causa do descontentamento público com as novas medidas governamentais, projetadas para lidar com o déficit orçamentário. Mas a agitação foi também política, devido às crescentes críticas à gestão do presidente Mohammed Morsi. Os opositores acusam Morsi e seu governo de não enfrentarem inúmeros problemas do Egito e de monopolizar o poder. O governo diz que as brigas políticas têm dificultado a sua capacidade de administrar uma crise econômica grave. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Egitoprotestoferrovia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.