Trabalhadores chilenos de radiotelescópio fazem greve

Trabalhadores do maior radiotelescópio do mundo, o ALMA, localizado ao norte do Chile entraram em greve por melhores salários e condições de trabalho.

AE, Agência Estado

22 de agosto de 2013 | 20h29

Os trabalhadores pedem 15% de aumento de salário e benefícios para compensar a altitude elevada e isolamento que enfrentam em seu trabalho. Os trabalhadores estão expostos a ventos fortes, ar seco e quedas severas de temperatura.

O ALMA está localizado no Deserto do Atacama, cerca de 5 mil metros de altitude em relação ao nível do mar. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Chileradiotelescópiogreve

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.