Trabalhadores e polícia se enfrentam na capital do Panamá

Trabalhadores armados com pedras e paus protestavam pela morte de um companheiro por um policial

13 de fevereiro de 2008 | 12h54

Milhares de trabalhadores do setor da construção transformaram  a capital do Panamá, nesta quarte, 13, em um campo de batalha, ao bloquear as principais avenidas e entrar em choques com a polícia. Os trabalhadores estavam armados com pedras e paus e protestavam pela morte, na terça-feira, de um companheiro que foi baleado pelas costas por um policial, após uma manifestação na cidade de Colón, ao norte da capital. Os protestos foram convocados originalmente pelo Sindicato Único da Construção e Similares (Suntracs) para reclamar do custo de vida no Panamá e pedir a adoção de medidas legais que garantam a segurança dos trabalhadores do setor no exercício de sua profissão.

Mais conteúdo sobre:
Panamátrabalhadorespolícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.