Trabalhadores humanitários são sequestrados na Somália

Grupo estava de passagem por Wajid quando foram levados; entre eles, há funcionários de programa da ONU

Reuters,

16 de março de 2009 | 04h53

Pistoleiros sequestraram quatro trabalhadores de ajuda humanitária no sul da Somália nesta segunda-feira, 16, incluindo um estrangeiro, disse uma fonte humanitária.

 

"Os trabalhadores estavam de passagem por Wajid, onde passaram a noite para seguir para Puntland. Eles foram levados na manhã desta segunda-feira", disse um trabalhador da ONU, que não quis se identificar, acrescentando que alguns dos sequestrados são do Programa Mundial de Alimentos da ONU.

Tudo o que sabemos sobre:
Somáliasequestro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.