Trabalhistas empatam com conservadores na Austrália

Conhecido internacionalmente por descrever o presidente George W. Bush como uma pessoa "incompetente e perigosa", o líder trabalhista da Austrália, Mark Latham, conseguiu levar seu partido a uma posição de empate com os conservadores. Segundo uma pesquisa de opinião pública realizada pela empresa Newspoll, o Partido Trabalhista e a coalizão conservadora do primeiro-ministro John Howard têm cada um 50% das preferências dos australianos para as eleições nacionais deste ano. Na última sondagem, realizada em meados de dezembro passado, o governo de Howard, que apoiou a invasão do Iraque pelos Estados Unidos, tinha 51%, contra 49% para os trabalhistas, o que já representava uma queda considerável em relação aos resultados registrados em novembro, de 57%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.