Traficante com recompensa de US$ 2,7 mi é preso no México

'El Teo' seria responsável por homicídios e sequestros em Tijuana.

BBC Brasil, BBC

12 de janeiro de 2010 | 19h15

A Polícia Federal do México capturou, nesta terça-feira, o narcotraficante Teodoro García Simental, conhecido como "El Teo" - um dos deliquentes mais procurados pela Procuradoria Geral do país, que oferecia US$ 2,7 milhoes de recompensa por sua detenção.

A prisão ocorreu na cidade de La Paz, no Estado mexicano de Baja California Sur, no noroeste do país.

"El Teo" era o principal suplente do Cartel de Tijuana e se desligou do grupo em 2008, desencadeando uma disputa que deixou centenas de mortos.

Segundo o governo, o cartel é um dos principais responsáveis pelo tráfico de cocaína, maconha e drogas sintéticas nos Estados da costa oeste dos EUA.

A Procuradoria afirma ainda que "El Teo" seria responsável por dezenas de homicídios, desaparecimentos e sequestros na cidade fronteiriça de Tijuana.

Ele ainda teria sido chefe de Santiago Meza López, conhecido como "El Pozolero", que confessou ter dissolvido com ácido corrosivo os corpos de cerca de 300 pessoas.

De acordo com a Procuradoria, "El Teo" disputava o controle do Cartel de Tijuana com o apoio do líder do Cartel de Sinaloa, Joaquín Guzmán Loera, um dos homens eleitos pela revista Forbes como um dos mais ricos e poderosos do mundo.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.