Traficante é morto em hospital de Madri

O narcotraficante colombiano Leónidas Vargas foi assassinado ontem em um hospital em Madri. Vargas, que estava internado na sessão de cardiologia, levou quatro tiros. Na Colômbia, ele foi condenado a 19 anos de prisão por narcotráfico e 26 anos por homicídio, porte ilegal de armas e enriquecimento ilícito, mas vivia livre na Espanha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.