Traficante mexicano é extraditado para os EUA

Everardo Arturo Páez Martínez, um dos cabeças do cartel mexicano de drogas dos irmãos Arellano Felix, foi entregue a autoridades judiciais dos Estados Unidos e se converteu no primeiro mexicano extraditado durante o governo de Vicente Fox.Páez, conhecido como "El Kitti", "El Morro", o "El Pelón", é acusado de entrar nos Estados Unidos e distribuir nas cidades de San Diego e Los Angeles, na Califórnia, mais de 1,4 tonelada de cocaína, além de recrutar pessoal para sua organização, informou a Promotoria mexicana. O trafiante foi levado de avião da cidade de Toluca em uma operação de que participaram a Interpol do México e a Polícia Judiciária Federal.O mexicano ficará à disposição de um juiz distrital dos Estados Unidos, no sul da Califórnia, e deve enfrentar acusações de preparar, importar e distribuir cocaína.Os Estados Unidos também acusam Páez de formação de quadrilha e lavagem de dinheiro, assinalou a Promotoria.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.