Tráfico humano leva 17.000 pessoas aos EUA por ano

Pelo menos 17.500 pessoas são levadas aos Estados Unidos por traficantes de seres humanos que as submetem a condições de semelhantes à escravidão para sexo forçado, trabalho braçal e servidão doméstica, informa o Departamento de Justiça. ?Nos Estados Unidos, onde a escravidão foi declarada ilegal há mais de 130 anos, esse fenômeno trágico não deveria mais existir. No entanto, existe?, diz o relatório apresentado ao Congresso.Em testemunho à parte, um alto representante do Departamento de Segurança Interna estimou que o contrabando e o tráfico de pessoas gera cerca de 10 bilhões de dólares em todo o mundo para organizações criminosas que também trabalham com drogas, armas e lavagem de dinheiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.