Transbordamento de rio deixa ao menos 22 mortos em El Salvador

Ao menos 22 pessoas morreram e 16encontravam-se desaparecidas em El Salvador devido aotransbordamento de rios que, na capital do país, arrastaram umônibus no qual viajava um grupo de evangélicos, disseram nasexta-feira autoridades do país. O ônibus tentava atravessar uma rua de Málaga, na periferiapobre de San Salvador, na quinta-feira à noite, quando foiarrastado pelas águas do rio Acelhuate, para depois se chocarcontra uma ponte e partir-se ao meio. Um total de 31 pessoas que viajavam no ônibus. Com aexceção de um adolescente que havia conseguido sair do veículo,todos os passageiros foram arrastados correnteza abaixo. O diretor do Corpo Nacional de Bombeiros, Abner Hurtado,disse à Reuters que, entre os corpos, estão os de três criançasque viajavam no ônibus. O veículo já foi retirado do rio. "Só eu consegui sair. Vínhamos da igreja Elim, na regiãocentral, e todos começaram a rezar. E nós (ele e um outrojovem) tivemos a idéia de sair pela janela para ver o quepoderíamos fazer", afirmou à Reuters Fabricio Hernández, 16,até agora o único sobrevivente. O outro jovem que saiu com ele do veículo foi levado pelacorrente. (Reportagem de Alberto Barrera)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.