Transcrição do vídeo de Osama Bin Laden

Segue transcrição do videoteipe divulgado hoje pelo Pentágono do suposto terrorista Osama bin Laden discutindo os ataques terroristas de 11 de setembro nos Estados Unidos.A transcrição e anotações foram preparadas em inglês pelo tradutor George Michael, pelos Serviços Diplomáticos de Linguagem, pelo doutor Kassem M. Wahba, coordenador do programa de linguagem árabe da Escola Avançada de Estudos Internacionais e pela Universidade Johns Hopkins. Eles compararam suas traduções com as feitas pelo governo dos Estados Unidos.Em meados de novembro, Osama bin Laden conversou com alguns aliados, possivelmente em Kandahar, no Afeganistão. A conversação foi filmada com o consentimento de Bin Laden e de todos os presentes.39 minutos depois do início da fita, primeiro segmento da reunião de Bin Laden, começa depois de imagens da visita a local de helicóptero.XEQUE: (inaudível) Você deu-nos armas, você deu-nos esperança e agradecemos a Alá por você. Não queremos tomar muito de seu tempo, mas esta é a combinação dos irmãos. Pessoas agora estão nos apoiando mais, até as que não nos apoiavam no passado, agora nos apóiam mais. Não quero tomar muito de seu tempo. Louvamos Alá, louvamos Alá. Viemos de Cabul. Ficamos muito satisfeitos em conhecer. Que Alá o abençoe, em casa e no campo. Pedimos ao motorista que nos trouxesse, era uma noite de lua cheia, graças a Alá. Acredite-me, ela não está no lado do campo. Os idosos ... todo mundo elogia o que você fez, a grande ação que você praticou, que foi acima de tudo pela graça de Alá. Esta é a orientação de Alá e o fruto abençoado da jihad.OSAMA BIN LADEN (Osama bin Laden): Graças a Alá. Qual é a posição das mesquitas lá (na Arábia Saudita)? XEQUE: Honestamente, elas estão muito positivas. Xaque Al-Bahrani fez um bom sermão em sua classe depois das rezas ao pôr-do-sol. Ele foi filmado em videoteipe, e eu devia tê-lo trazido, mas infelizmente precisei partir imediatamente.OSAMA BIN LADEN : No dia dos acontecimentos?XEQUE: Na hora exata do ataque à América, exatamente na hora. Ele (Bahrani) fez um sermão muito impressionante. Graças a Alá por suas bênçãos. Ele (Bahrani) foi o primeiro a escrever em tempo de guerra. Visitei-o em Al-Qasim.OSAMA BIN LADEN : Graças a Alá.XEQUE: Foi o que pedi a Alá. Ele (Bahrani) disse aos jovens: "Vocês estão pedindo martírio e perguntam para onde devem ir (em busca de martírio)?" Alá estava incitando-os a ir. Pedi a Alá que me permitisse assistir à verdade diante do governante injusto. Pedimos a Alá para protegê-lo e dar-lhe o martírio, depois que ele emitiu a primeira fatwa. Ele foi detido para interrogatório, conforme você sabe. Quando ele foi chamado e solicitado a assinar, ele lhes disse, "não desperdicem meu tempo, tenho outra fatwa. Se vocês quiserem que eu o faça, posso assinar ambas ao mesmo tempo." OSAMA BIN LADEN : Graças a Alá.XEQUE: A posição dele é realmente muito encorajadora. Quando lhe fiz a primeira visita cerca de um ano e meio atrás, ele me perguntou, "Como está xeque Bin Laden?" Ele lhe manda suas saudações especiais. Quanto a xeque Sulayman ´Ulwan, ele deu uma bela fatwa, que Alá o abençoe. Miraculosamente, ouvi-a na estação de rádio Corão. Foi estranho porque ele (´Ulwan) sacrificou sua posição, que equivale à de diretor. Ela foi transcrita palavra por palavra. Os irmãos leram-na em detalhes. Ouvi-a brevemente antes das orações do meio-dia. Ele (´Ulwan) disse que esta era jihad e aquelas pessoas não eram inocentes (vítimas no World Trade Center e no Pentágono). Ele jurou por Alá. Isto foi transmitido para xeque Sulayman Al (´Umar). Alá o abençoe. OSAMA BIN LADEN : E xeque al-(Rayan)?XEQUE: Honestamente, não me encontrei com ele. Meus movimentos foram realmente limitados.OSAMA BIN LADEN : Alá o abençoe. Você é bem-vindo.XEQUE: (Descrevendo a viagem até a reunião) Eles nos trouxeram clandestinamente e então pensei que estivéssemos em cavernas diferentes dentro das montanhas, motivo pelo qual fiquei surpreso na casa do hospedeiro, e que estivesse muito limpa e confortável. Graças a Alá, também soubemos que este local é seguro, por bênçãos de Alá. O lugar é limpo e estamos muito à vontade.OSAMA BIN LADEN : (Inaudível) quando pessoas vêem um cavalo forte e um cavalo fraco, por natureza elas vão gostar do cavalo forte. Este é só um objetivo; os que querem pessoas para adorar o senhor do povo, sem seguir essa doutrina, estarão seguindo a doutrina de Muhammad, que a paz esteja com ele. (OSAMA BIN LADEN cita vários versículos curtos e incompletos em Hadith, conforme segue):"Recebi ordens para combater as pessoas até elas dizerem que não existe deus exceto Alá, e seu profeta Maomé.""Algumas pessoas podem perguntar: por que você quer combater-nos?""Existe uma associação entre os que dizem: creio num deus e Maomé é seu profeta, e os que não (inaudível)""Os que não seguem a verdadeira fiqh (lei). A fiqh de Maomé, a verdadeira fiqh. Eles estão só aceitando o que é dito pelo seu valor nominal."OSAMA BIN LADEN : Aqueles jovens que conduziram as operações não aceitaram nenhuma fiqh no sentido popular, aceitaram a fiqh que o profeta Maomé trouxe. Esses jovens (inaudível) disseram com atos, em Nova York e Washington, discursos que ofuscaram todos os outros discursos feitos em qualquer outra parte do mundo. Os discursos são entendidos por árabes e não árabes até por chineses. Isto está acima do que tudo o que os meios de comunicação disseram. Alguns deles disseram que na Holanda, num dos centros, o número de pessoas que aceitavam o Islã durante os dias que se seguiram às operações eram em número maior que o de pessoas que aceitavam o Islã nos últimos 11 anos. Ouvi alguém na Rádio Islâmica que é dono de uma escola na América dizer: "Não temos tempo para atender a todos os pedidos dos que perguntam sobre livros islâmicos para aprender sobre o Islã." Esse acontecimento fez as pessoas pensarem (no Islã autêntico), o que beneficiou grandemente o Islã.XEQUE: - Ninguém imaginaria uma colisão de avião com um edifício alto. Esse foi um grande trabalho. Ele era um dos homens pios da organização. Tornou-se um mártir. Que Alá abençoe sua alma.XEQUE (referindo-se a sonhos e visões): O avião que eu vi colidir com o edifício fora visto antes por mais de uma pessoa. Uma das boas pessoas religiosas havia deixado tudo e vindo aqui. Ele me disse: "Tive uma visão: Eu estava em um avião muito grande, comprido e largo. Eu o carregava aos ombros e caminhei de uma estrada para o deserto, percorrendo meio quilômetro. Eu arrastava o avião." Ouvi o que ele me disse e rezei pedindo a Alá que o ajudasse. Outra pessoa contou-me, no ano passado, o que havia visto, mas eu não compreendi e disse-lhe que não havia entendido. Ele relatou: "Vi pessoas que partiram para a jihad...e elas se viram em Nova York...em Washington e em Nova York." Eu lhe perguntei: "O que é isso?" Ele me disse que o avião atingiu o edifício. Isso foi no ano passado. Não falamos muito sobre isso. Mas, quando os incidentes aconteceram ele veio e me disse: "Você viu...isso é estranho." E houve um outro homem...que estranho...ele disse e jurou por Alá que sua esposa vira o incidente uma semana antes. Ela viu o avião colidindo com o edifício...isso era inacreditável.OSAMA BIN LADEN : Os irmãos, que conduziram a operação, tudo o que eles sabiam era que tinham uma operação de martírio a realizar, e que havíamos pedido a cada um deles que fosse aos Estados Unidos; mas eles não sabiam nada sobre a operação, nem sequer uma letra. Mas foram treinados, e não revelamos a eles qual seria a operação até o momento em que chegaram lá e estavam prestes a embarcar nos aviões.OSAMA BIN LADEN :(...inaudível...) então ele disse: Os que foram treinados para pilotar não conheciam os demais. Um grupo de pessoas não conhecia o outro grupo. (inaudível...)(Alguém no grupo pede a Osama bin Laden que conte ao xeque sobre o sonho (de Abu-Da´ud).OSAMA BIN LADEN : Estávamos em um acampamento de um dos guardas do irmão, em Kandahar. Esse irmão pertencia à maioria do grupo. Ele se aproximou e me contou que viu, em um sonho, um edifício alto nos Estados Unidos, e no mesmo sonho viu Mukhtar ensinando-os a lutar karatê. Àquela altura fiquei preocupado com a possibilidade de o segredo ser revelado, se todos começassem a vê-lo nos seus sonhos. Por isso encerrei o assunto. Eu lhe recomendei que se tivesse algum outro sonho não o contasse a ninguém, porque as pessoas ficariam aborrecidas com ele.(Ouve-se a voz de outra pessoa relatando seu sonho, no qual viu dois aviões atingindo um grande edifício).OSAMA BIN LADEN : Eles ficaram radiantes quando o primeiro avião atingiu o edifício, por isso eu lhes disse: tenham paciência.OSAMA BIN LADEN : A diferença entre o primeiro e o segundo avião atingindo as torres foi de 20 minutos. E a diferença entre o primeiro avião e o avião que atingiu o Pentágono foi de uma hora.XEQUE: Eles (os americanos) ficaram aterrorizados, pensando que estivesse sendo desfechado um golpe.(Nota: Ayman Al-Zawahri diz, primeiro, que ele elogiou o conhecimento que Osama bin Laden tinha do que a mídia dizia. Depois diz que aquela foi a primeira vez que eles (os americanos) sentiram o perigo se aproximando.)OSAMA BIN LADEN (recitando um poema):Dou testemunho de que, contra a lâmina afiadaEles sempre enfrentaram dificuldades e permaneceram unidos...Quando a escuridão se estende sobre nós e somos mordidos por um dente afiado, digo..."Nossas casas estão inundadas de sangue e o tirano está andando livremente por nossas casas..."E do campo de batalha desvaneceram-se O brilho das espadas e os cavalos...E acima dos sons de choro agoraOuvimos batidas de tambores e ritmo...Eles estão invadindo os fortes deleE gritando: "Não poremos fim às nossas incursõesEnquanto vocês não libertarem nossas terras...Gravação da visita de Bin Laden completa. Gravação da visita ao local do helicóptero acompanha o poema.XEQUE: Centenas de pessoas duvidavam de você e somente poucas o seguiam até que este enorme evento acontecesse. Agora centenas de pessoas estão vindo juntar-se a você. Lembro-me de uma visão do xeque Salih Al-(Shuaybi). Ele disse: Haverá um grande golpe e as pessoas partirão às centenas para o Afeganistão". Perguntei-lhe (Sahib): "Para o Afeganistão"? Ele respondeu: "Sim". Segundo ele, os únicos que ficarão para trás serão os mentalmente impotentes e os mentirosos (hipócritas). Lembro-me de ele dizer que centenas de pessoas partirão para o Afeganistão. Ele teve esta visão há um ano. Este acontecimento estabeleceu um diferença entre os diferentes tipos de seguidores.OSAMA BIN LADEN : (... Inaudível ...) calculamos com antecedência o número de baixas do inimigo, quem morreria baseando-se na posição da torre. Calculamos que seriam atingidos três ou quatro andares. Eu era o mais otimista de todos eles. (...Inaudível ...) devido a minha experiência neste campo, achei que o fogo proveniente do combustível do avião derreteria a estrutura de ferro do prédio e faria ruir apenas a área atingida pelo avião e todos os andares acima dela somente. Isso era tudo o que esperávamos.XEQUE: Alá seja louvado.OSAMA BIN LADEN : Estávamos (... inaudível ...) quando ocorreu o evento. Já sabíamos desde a última quinta-feira que o evento aconteceria naquele dia. Tínhamos acabado nosso trabalho daquele dia e estávamos com o rádio ligado. Eram 17h30 pelo nosso fuso horário. Eu estava sentado com o dr. Ahmad Abu-al (Khair). Imediatamente, ouvimos a notícia que um avião havia atingido o World Trade Center. Sintonizamos o rádio para o noticiário de Washington. O noticiário continuava e nada de mencionarem o atentado até o final. No final do noticiário, eles informaram que um avião acabara de atingir o World Trade Center.XEQUE: Alá seja louvado.OSAMA BIN LADEN : Pouco tempo depois, anunciaram que um outro avião tinha atingido o World Trade Center. Os irmãos que ouviram a notícia ficaram eufóricos com isso.XEQUE: Ouvi a notícia e eu estava sentado. Não estávamos pensando em nada e, de repente, por vontade de Alá, estávamos falando sobre como era possível que não tivéssemos nada e, de repente, veio a notícia e todos ficaram eufóricos e até o dia seguinte de manhã, todos ainda falavam sobre o que tinha acontecido, e ficamos até 4h ouvindo as notícias, que cada vez eram um pouco diferentes. Todos estavam muito alegres e diziam: "Alá é grande", "Alá é grande", "Somos agradecidos a Alá", "Glória a Alá". Fiquei feliz com a felicidade de meus irmãos. Naquele dia, os telefonemas de congratulações não pararam. Minha mãe estava recebendo telefonemas o tempo todo. Obrigada, Alá. Alá é grande, glória a Alá. (Citando um verso do Corão)XEQUE: "Combata-os, Alá os torturará, com as mãos de vocês, ele os torturará. Ele os ludibriará e lhes dará sua vitória. Alá perdoará os fiéis, ele é conhecedor de tudo".XEQUE: Sem dúvida é uma vitória indiscutível. Alá nos concedeu ...nos honrou ... e nos abençoará e nos dará mais vitórias durante o mês sagrado do Ramadã. É isso que todo mundo está esperando. Graças a Alá, os Estados Unidos saíram de suas tocas. Atingimos a América com o primeiro golpe e o próximo a atingirá com as mãos dos fiéis, dos bons fiéis, dos fiéis fortes. Por Alá é uma grande obra. Alá prepara para você uma grande recompensa por este trabalho. Lamento falar na presença de vocês, mas são apenas pensamentos, apenas pensamentos. Por Alá, que não existe outro deus a não ser ele. Vivo em felicidade, felicidade... que não experimentava, nem sentia, há muito tempo. Lembro-me das palavras de Al-Rabbani, ele disse que eles fizeram uma colisão contra nós no inverno com os infiéis como os turcos e outros, e alguns árabes. E eles nos cercaram como na época ... na época do profeta Maomé. Exatamente como está acontecendo agora. Mas ele consolou seus seguidores, dizendo: "Isso vai voltar e atingi-los". E isso é uma indulgência para nós. E uma bênção para nós. E isso trará as pessoas de volta. Veja como ele foi sábio. E Alá o abençoará. E chegará o dia em que os símbolos do Islã se erguerão e será parecido com os primeiros dias de Al-Mujahedden e Al-Ansar (semelhante aos primeiros anos do Islã). E a vitória para aqueles que seguem Alá. É como nos velhos tempos, tais como Abu Bakr e os Otomanos e Ali e outros. Nestes dias, na nossa época, este será o maior dos jihad da História do Islã e da resistência das pessoas perversas. Por Alá, meu Xeque. Nós o congratulamos pelo grande trabalho. Graças a Alá.A gravação termina aqui. Segundo segmento da visita de Bin Laden, que aparece em primeiro plano.OSAMA BIN LADEN : Abadallah Azzam, que Alá abençoe sua alma, disse-me para não gravar nada (...inaudível ...) assim achei que era um bom presságio, e Alá nos abençoará (... inaudível ...). Abu-Al-Hasan Al -(Masri), que apareceu na televisão Al-Jazeera há uns dois dias e dirigiu-se aos americanos dizendo: "Se vocês são homens de verdade, venham para cá e nos enfrentem". (... inaudível ...) Ele me disse há um ano: "Vi em um sonho, estávamos jogando uma partida de futebol contra os americanos. Quando o nosso time surgiu em campo, os jogadores eram todos pilotos!". Ele disse: "Então, me perguntei se aquilo era um jogo de futebol ou um jogo de pilotos? Nossos jogadores eram pilotos". Ele (Abu-Al-Hasan) não sabia nada sobre a operação até ouvir pelo rádio. Ele disse que o jogo continuou e nós o derrotamos. Isso foi um bom presságio para nós.XEQUE: Que Alá seja louvado.Homem identificado fora do alcance da câmera: Abd Al Rahman Al (Ghamri) disse ter tido uma visão, antes da operação, de um avião colidindo com um prédio alto. E ele não sabia nada sobre isso.XEQUE: Alá seja louvado.Sulayman (Abu Guaith): Estava sentado com o xeque em uma sala e depois fui para uma outra sala onde havia uma televisor. A televisão transmitiu o grande evento. A cena mostrou uma família egípcia sentada na sua sala de estar explodindo de alegria. Sabe quando tem um jogo de futebol e sua equipe vence, foi a mesma expressão de alegria. Havia uma legenda que dizia: "Em revanche aos filhos de Al Aqsa´, Osama bin Laden levou a cabo uma operação contra os Estados Unidos". Assim voltei para perto do xeque (querendo dizer OSAMA BIN LADEN), que estava sentado em uma sala com 50 a 60 pessoas. Tentei falar com ele sobre o que tinha visto, mas ele fez um gesto com a mão, querendo dizer "Eu sei, eu sei..."OSAMA BIN LADEN : Ele não sabia da operação. Nem todos sabiam (... inaudível ...). Muhammad (Atta) da família egípcia (querendo dizer o ramo egípcio da Al-Qaida) estava encarregado do grupo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.