Transexuais são contratados como aeromoças pela primeira vez na Tailândia

Miss transex está entre os novos tripulantes

Efe,

28 de janeiro de 2011 | 03h33

A companhia aérea tailandesa de baixo custo PC Air é a primeira do país a contratar transexuais para exercer a função de aeromoças, classificando-os como "terceiro sexo" às autoridades de imigração.

Após dezenas de aspirantes apresentarem-se nesta semana para as entrevistas, três foram contratados e serão treinados por mulheres antes de iniciarem suas atividades, informou o diário local The Nation.

Entre as novas aeromoças está Thanyarat Jiraphatpakorn, que em 2007 foi eleita "Miss Tiffany" no concurso internacional de beleza para transexuais, realizado todos os anos na localidade litorânea de Pattaya, ao sul de Bangcoc.

Os transexuais, por sua vez, afirmam ainda sofrer perseguições. Um filme que denuncia a discriminação foi recentemente proibido pela censura sob o argumento de ter conteúdo pornográfico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.