Transexual britânico é reverenciado como deusa na Índia

Um transexual britânico vem se tornando o principal centro das atenções na cidade sagrada hindu Becharaji, no oeste da Índia. Milhares de fiéis têm formado filas para receber a bênção de Stephen Louis Cooper, a quem acreditam ser um mensageiro de Bahuchar Mata, a deusa dos eunucos indianos.Cooper, que diz ter sido diagnosticado com um transtorno de gênero, gosta de se vestir com um sari, a vestimenta tradicional das mulheres hindus, e prefere ser tratado como uma mulher. Ele adotou o nome de Pema, que significa lótus, pelo qual é chamado pelos fiéis.EnergiaCooper disse à BBC que trabalhava em Londres como ilustrador, fotógrafo e designer gráfico antes de viajar à Índia, após não conseguir uma vaga na Universidade de Oxford.Ele contou ter sentido sua "energia se refletindo de maneira diferente" após ver um desenho de Bahuchar Mata numa loja. "Foi então que me contaram sobre este lugar e eu decidi visitar a Índia", disse. Cooper tem uma figura da deusa tatuada em seu braço esquerdo. O complexo religioso de Becharaji é visitado por um grande número de eunucos de toda a Índia. MasculinidadeUm dos responsáveis pelo templo, PC Raval, disse que há uma crença de que, ao visitar o local, os eunucos ganharão sua masculinidade na próxima vida. Os eunucos são reverenciados e temidos em algumas partes da Índia, onde as pessoas acreditam que eles têm poderes especiais.Cooper, que chegou a Becharaji há cerca de um mês, tem um visto de turista válido por seis meses, mas disse que gostaria de poder ficar no local pelo resto de sua vida."As pessoas aqui têm sido muito amáveis. Eles tocam meus pés e, quando eu toco suas cabeças, sinto amor e alegria - pura e imaculada", comentou. "Eu ficarei aqui enquanto me sentir bem-vinda. Talvez pelo resto da minha vida", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.